A Carroll School, nos Estados Unidos, ajuda os alunos a superar as dificuldades de aprendizagem com o Google for Education

Desafio

Margaret Kuzmicz, diretora de tecnologia da Carroll School, queria uma tecnologia que inspirasse os alunos a aprender, não que os desestimulasse. Os dispositivos Windows que a escola tinha na época eram confusos e lentos, e os alunos tinham dificuldade de usá-los. Além disso, era difícil para a equipe de TI fazer a manutenção deles em função dos problemas técnicos comuns que apresentavam. Segundo Kuzmicz, "Gerenciar um ambiente Windows tinha muitos desafios. Eu precisava contratar funcionários temporários para preparar os dispositivos a cada ano". Como muitos alunos com transtornos de linguagem não se adaptam bem às estratégias tradicionais de leitura e escrita, a Carroll School queria oferecer uma tecnologia intuitiva que os ajudasse a se desenvolver na sala de aula. Pensando em uma solução melhor para os alunos, a escola percebeu que os dispositivos com tela touchscreen seriam mais fáceis para todos usarem, principalmente os alunos mais novos.

"Com o G Suite, os alunos estão sempre em contato com os professores e os colegas. Essa conexão melhora a produtividade porque eles podem superar dificuldades que não saberiam enfrentar sozinhos."

Margaret Kuzmicz, Carroll School, diretor de tecnologia

Solução

Em 2014, Margaret Kuzmicz trabalhou junto com vários departamentos da escola, incluindo as equipes de Administração e de Pesquisa e intervenção cognitiva, para encontrar uma solução que se adaptasse melhor às necessidades específicas da Carroll School. "Escolhemos o G Suite for Education, os Chromebooks com tela touchscreen e o Google Sala de aula porque eles oferecem o tipo de experiência que os alunos precisam e merecem", afirma Margaret. Agora todos os alunos usam os Chromebooks com tela touchscreen na sala de aula para as atividades diárias e também para as provas. Os Chromebooks foram tão bem aceitos que, neste ano, os professores da Carroll School estão usando em um teste-piloto 40 dispositivos próprios com o plano de, em algum momento, todos os 100 professores usarem os Chromebooks em sala de aula.

Perfil da organização

A Carroll School está localizada em Lincoln e Waltham, Massachusetts, Estados Unidos, e foi fundada em 1967 por um grupo de neurologistas que queriam ajudar as crianças com transtornos de linguagem, como a dislexia, a se desenvolver nos ambientes de aprendizagem. Hoje, com mais de 400 alunos, 150 professores e 50 funcionários, a Carroll School se dedica a capacitar os alunos para se tornarem aprendizes confiantes por toda a vida.

Produtos usados

Fazer o download

Agradecemos sua inscrição.

Indique abaixo seus interesses.