As escolas públicas do Condado de Broward, na Flórida, atraem alunos diversificados para as aulas de ciência da computação

Desafio

Para Lisa Milenkovic, a ciência da computação e o pensamento computacional foram muito importantes na carreira de professora de química. No início dos anos 2000, ela começou a ensinar ciências no distrito. Em 2013, o distrito decidiu ampliar as opções de ensino de STEM (sigla em inglês para ciências, tecnologia, engenharia e matemática) para incluir a ciência da computação. Lisa já sabia, intuitivamente, como o ensino da ciência da computação associado às aulas de STEM seria importante.

O conhecimento sobre ciência da computação era mínimo em todo o distrito. Segundo Lisa, "Muitos alunos e professores nunca tinham ouvido falar sobre ciência da computação ou confundiam essa disciplina com alfabetização digital". Mesmo nos programas de STEM do distrito, a ciência da computação passava despercebida. Alguns professores de STEM ensinavam pensamento computacional, mas somente os aspectos relacionados à matemática.

Devido ao pouco conhecimento sobre a disciplina, poucos alunos prestavam o exame de colocação antecipada de ciência da computação. Até 2016, somente 200 alunos haviam feito esse exame, em um distrito com 271.000 alunos. Para Lisa, esse número era preocupante. O número de alunos que faziam o exame já era pequeno, mas a quantidade de alunos de grupos com pouca representatividade em ciência da computação era ainda menor. Era evidente que o nível de desigualdade no distrito escolar era grande e não refletia a diversidade dos alunos. Ela acreditava que isso precisava mudar. Segundo Lisa, "Todos os alunos deveriam ter a oportunidade de estudar ciência da computação para ter as mesmas chances de sucesso profissional".

Solução

Após deixar de ser professora em tempo integral para assumir o cargo de supervisora do ensino de STEM em 2011, Lisa percebeu que a solução para melhorar o ensino da ciência da computação para os alunos era treinar os professores do distrito. Eles precisavam de orientação e desenvolvimento profissional contínuo para inspirar os alunos a seguir carreiras em ciência da computação.

Como primeiro passo, o distrito fez uma parceria com o Code.org, uma organização sem fins lucrativos que incentiva a expansão do ensino da ciência da computação em escolas de ensino fundamental e médio. O Code.org financiou o desenvolvimento profissional e ajudou a criar um grupo de professores especialistas com experiência em elaborar currículos de ciência da computação.

Inspirada pela parceria com o Code.org, Lisa começou a buscar outras formas de ajudar os professores a crescer na carreira. Ela fez a inscrição e conseguiu o financiamento do Google para o ciclo de 2017-2018, após saber sobre o programa de subsídios pela Associação de Professores de Ciência da Computação. O subsídio permitiu que as BCPS criassem um curso on-line de desenvolvimento profissional para ajudar os educadores a conseguir a certificação estadual para o ensino de ciência da computação na Flórida.

Lisa sabia que os professores precisavam de suporte contínuo, como orientação e tempo livre remunerado para estudar, por isso usou o subsídio para reembolsar os professores pelo tempo dedicado ao curso on-line. Parte do financiamento foi destinado à orientação pessoal oferecida pelos professores especialistas. Segundo ela, "Quando você está começando uma iniciativa, como a criação de um programa de ciência da computação, não há departamentos formais ou métodos de interação entre os professores. É necessário ajudá-los a criar a própria rede de apoio".

"Hoje, a diversidade dos alunos que estudam ciência da computação reflete muito mais a diversidade do nosso distrito."

Lisa Milenkovic, supervisora de ciência da computação e de STEM, escolas públicas do Condado de Broward

Benefícios

Investindo na carreira dos professores em ciência da computação

O curso de certificação em ciência da computação e a orientação pessoal financiados pelo Google qualificam o ensino de ciência da computação no distrito, aumentando a disponibilidade das aulas dessa disciplina em todo o distrito. O curso on-line estará disponível para os professores de qualquer disciplina que queiram aprender sobre a ciência da computação, não apenas para os que buscam a certificação. Com o aumento da demanda por ciência da computação e codificação nas escolas de ensino fundamental e médio, essas aulas são essenciais para ampliar o conhecimento dos professores sobre a ciência da computação.

Os professores que dedicam tempo para participar do curso de certificação em ciência da computação precisam de mais apoio, principalmente de orientação pessoal. Ao compensá-los pelo tempo dedicado aos estudos e às sessões com os orientadores, Lisa vê a chance de mostrar para quem pretende ser professor de ciência da computação "que valorizamos o tempo e o profissionalismo deles". Essa demonstração de apoio ao desenvolvimento profissional incentivará mais professores a buscar treinamento nessa disciplina no futuro.

Ampliando o acesso ao ensino da ciência da computação em todo o distrito

Devido ao investimento no desenvolvimento profissional contínuo dos professores em ciência da computação, o distrito está constantemente aumentando a disponibilidade de aulas de ciência da computação nas 286 escolas. Hoje, a maioria das escolas de ensino médio do distrito oferece o curso introdutório "Explorando a ciência da computação", criado pela National Science Foundation para preparar os alunos no exame de colocação antecipada de ciência da computação. Algumas escolas do segundo segmento do ensino fundamental oferecem a disciplina "Descobertas da ciência da computação", baseada em planos de aula do Code.org. As 141 escolas do primeiro segmento do ensino fundamental do distrito também começaram a integrar o ensino da disciplina ao currículo padrão, oferecendo aulas que se alternam entre as séries, além de clubes de robótica e codificação após o período escolar.

Ampliando a diversidade na ciência da computação

Aumentar o acesso ao desenvolvimento profissional em ciência da computação foi fundamental para envolver as comunidades com poucos recursos. Como o sexto maior distrito escolar dos Estados Unidos, o BCPS tem muitas escolas com alunos de famílias de baixa renda, inclusive algumas com 100% dos alunos no programa de almoço gratuito ou a preço reduzido. Ao priorizar a ciência da computação no distrito, Lisa acredita que os alunos estão ganhando confiança nas próprias habilidades na disciplina: "Estamos dando esta oportunidade para alunos que, no passado, talvez nem pensassem em participar".

Grupos de alunos mais diversificados estão demonstrando interesse pela ciência da computação graças ao aumento das oportunidades de aprender essa disciplina no distrito. Em 2017, 1.000 alunos do BCPS prestaram o exame de colocação antecipada de ciência da computação, um aumento significativo em comparação com os 200 alunos de 2016. Segundo Lisa, "Hoje, a diversidade dos alunos que estudam ciência da computação reflete muito mais a diversidade do nosso distrito".

Perfil da organização

Sobre a Dra. Lisa Milenkovic: A Dra. Lisa Milenkovic é a supervisora de ciência da computação e de STEM (sigla em inglês para ciências, tecnologia, engenharia e matemática) das escolas públicas do Condado de Broward (BCPS, na sigla em inglês), o sexto maior distrito escolar dos Estados Unidos e o segundo maior da Flórida. Ela começou a carreira em química analítica e passou a dar aulas quando os filhos começaram a frequentar a escola. O interesse pela química a levou a descobrir formas de melhorar a ciência da computação no distrito, já que as duas disciplinas estão relacionadas. Lisa tem muita experiência como supervisora de currículo de ciências, aperfeiçoando o currículo escolar e administrando o desenvolvimento profissional para conteúdo e pedagogia em STEM. Defensora do ensino de ciência da computação em todos os anos escolares, em 2013 ela começou a trabalhar com o Code.org e o Google para melhorar o desenvolvimento profissional dos professores nessa disciplina.

Produtos usados

Fazer o download

Agradecemos sua inscrição.

Let us know more about your interests.